segunda-feira , 19 de agosto de 2019
RADIO
ONLINE
Porta Voz Voz FM
MENU

Novidades

Notícias de agora

abr 24, 2019

Transmissores de meningite, adolescentes também precisam se vacinar

A meningite é uma doença silenciosa, grave e que pode levar à morte em até 48 horas a partir dos primeiros sintomas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Embora esteja muito relacionada às crianças, que são vacinadas ainda nos primeiros meses de vida, os adolescentes também precisam da imunização, pois estão entre os principais transmissores da enfermidade. O alerta é reforçado neste 24 de abril, Dia Mundial de Combate à Meningite.

Causada por vírus, bactérias, fungos ou outros agentes infecciosos, a meningite mais comum no Brasil é a bacteriana (mais grave) do tipo C, provocada pelo meningococo. “Trata-se de uma bactéria agressiva, que circula na nasofaringe, parte de trás do nariz, principalmente em adolescentes”, explica a médica ocupacional Sheila Homsani, diretora médica da Sanofi Pasteur. As mortes por meningite ocorrem em 20% dos casos.

Em crianças, o tipo B é mais prevalente, e a especialista alerta para o aumento de casos provocados pelo sorogrupo W. Em Santa Catarina, a maior incidência de casos gerou um alerta e o Ministério da Saúde passará a oferecer na rede pública o imunizante conjugado que protege contra quatro sorotipos de meningite bacteriana: A, C, W e Y.

Sheila diz que os adolescentes são portadores assintomáticos do meningococo, ou seja, podem estar infectados, mas sem manifestar sintomas. O adoecimento depende do sistema imunológico da pessoa “Mas mesmo que não adoeça, quando (o adolescente) fala perto de alguém, beija, troca copos, pode transmitir a bactéria pela saliva ou respiração”, afirma a médica. A vacinação contra meningite na adolescência protege tanto os integrantes dessa faixa etária quanto os mais novos e os mais velhos.

Tipos de meningite

As meningites variam de acordo com o agente infeccioso. Pode ser por bactérias, vírus, fungos, protozoários ou parasitas. A meningite bacteriana é transmitida de uma pessoa para outra por via respiratória, gotículas ou secreções do nariz e da garganta. Algumas bactérias podem se espalhar por meio dos alimentos, como é o caso da Listeria monocytogenes e da Escherichia coli.

Já as meningites virais podem ser transmitidas de diferentes maneiras, dependendo do vírus causador da doença. No caso do enterovírus, a contaminação é fecal-oral e se dá pelo contato próximo com uma pessoa infectada (aperto de mãos, por exemplo), tocar objetos que contenham o vírus e depois passar a mão nos olhos ou na boca antes de lavá-la. Quando se trata do arbovírus, a transmissão é feita pela picada de mosquitos contaminados.

 

fonte: bandab

COMPARTILHAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga a Rádio Porta Voz

Siga a Rádio Voz FM