domingo , 17 de fevereiro de 2019
RADIO
ONLINE
Porta Voz Voz FM
MENU

Novidades

Esporte

fev 08, 2019

Ponte e São Paulo contra a crise: semana conturbada joga pressão sobre os times para sábado

tensão estará por todos os lados no Estádio Moisés Lucarelli neste sábado. Cada um com o seu motivo, Ponte Preta e São Paulo chegam para o duelo pressionados após uma semana turbulenta, com demissão de técnico na Macaca e risco de eliminação na pré-Libertadores pelo lado tricolor. A bola rola a partir das 19h, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Teoricamente, a partida vale mais para a Ponte Preta, já que o foco principal do São Paulo é a Libertadores. Com apenas uma vitória em cinco jogos até aqui, a Macaca precisa da reabilitação para aliviar as cobranças da torcida, não se distanciar da zona de classificação do Grupo A e ficar em uma posição segura na tabela geral em relação ao rebaixamento. O alento é que a Ponte soma quatro vitórias seguidas contra o São Paulo no Majestoso (clique aqui e relembre as partidas).

A campanha de cinco pontos conquistados em 15 possíveis custou o emprego do técnico Mazola Júnior. A demissão aconteceu na quarta-feira, quatro dias depois da derrota por 2 a 1 para o Bragantino, em Bragança Paulista. Gilson Kleina é o favorito para assumir, mas contra o São Paulo o time vai de interino e será comandado por João Paulo Sanches, auxiliar fixo da casa.

Ponte tem só uma vitória em 2019  — Foto: Fabio Leoni/PontePressPonte tem só uma vitória em 2019  — Foto: Fabio Leoni/PontePress

Ponte tem só uma vitória em 2019 — Foto: Fabio Leoni/PontePress

Em meio à troca de treinador, o clube anunciou as chegadas do ex-meia Felipe (Vasco, Palmeiras e seleção brasileira) e do ex-volante Marcelinho Paulista (Corinthians) para os cargos de gerente de futebol profissional e coordenador técnico das categorias de base, respectivamente. A apresentação deles na última quinta foi marcada por uma saia-justa com o presidente José Armando Abdalla.

Mesmo com a possibilidade de entrar em campo com um time completamente reserva, o São Paulo estará pressionado contra a Ponte Preta. E não tem a ver com o rendimento do time no Campeonato Paulista, no qual lidera o Grupo D, com nove pontos.

O que instalou de vez uma precoce crise no Morumbi foi a derrota por 2 a 0 para o Talleres, da Argentina, na partida de ida da segunda fase da Libertadores. A obrigação de ter de vencer por três gols de diferençapara avançar na competição sul-americana deixou todos sob pressão.

Jardine balança no comando do São Paulo  — Foto: Marcos RibolliJardine balança no comando do São Paulo  — Foto: Marcos Ribolli

Jardine balança no comando do São Paulo — Foto: Marcos Ribolli

Principalmente o técnico André Jardine, que em 13 jogos no comando do Tricolor tem apenas quatro vitórias, além de dois empates e sete derrotas, com aproveitamento de 35,8%. A diretoria ainda banca a permanência do treinador, mas seu futuro está totalmente ligado ao jogo da próxima quarta-feira.

O resultado de sábado terá um grande peso para o aspecto emocional das duas equipes, para o lado positivo ou negativo. Ou vai representar um sinal de reação ou vai conturbar ainda mais o ambiente.

fonte: globo esporte

COMPARTILHAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga a Rádio Porta Voz

Siga a Rádio Voz FM