quarta-feira , 26 de junho de 2019
RADIO
ONLINE
Porta Voz Voz FM
MENU

Novidades

Notícias de agora

jan 10, 2019

Bebê de casal haitiano que nasceu em calçada de Porto Alegre é presenteado com ensaio de fotos

Com apenas 14 dias de vida, o pequeno Waldo ganhou um book. Sob os olhos atentos da mãe, enquanto dormia, ele era clicado em diversas poses pela fotógrafa Nilza Rejane, de 53 anos, em um estúdio de Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Filho de imigrantes haitianos, o bebê nasceu em uma calçada da capital gaúcha. A mãe, Judith Fleurissaint Baguidy, de 39 anos, chegou a caminhar por 40 minutos em direção a um hospital, mas não chegou a tempo e deu à luz em via pública.

Comovida com a história, a fotógrafa que trabalha há cinco anos fazendo ensaios “Newborn”, que consiste em reproduzir e registrar poses que são feitas no útero da mãe, não poupou esforços para encontrar a haitiana e fazer o convite.

Bebê sorri ao ser clicado dentro de um pequeno cesto durante ensaio — Foto: Nilza Rejane FotografiaBebê sorri ao ser clicado dentro de um pequeno cesto durante ensaio — Foto: Nilza Rejane Fotografia

Bebê sorri ao ser clicado dentro de um pequeno cesto durante ensaio — Foto: Nilza Rejane Fotografia

“Eu estava no estúdio e casualmente vi a matéria na internet. Aí eu fiquei pensando comigo: ‘embora seja uma cena linda, daqui uns anos ele podia ter outra imagem do nascimento dele”, conta Nilza.

“Eu me emocionei com a história”, declara.

O marido de Judith trabalha em uma padaria e não tinha como faltar ao serviço. A mãe, que trabalha como doméstica, mas está de licença, acompanhou o bebê na sessão, que começou por volta das 9h e se estendeu até o início da tarde.

Ao fim do ensaio, Judith foi convidada a posar ao lado do filho — Foto: Nilza Rejane FotografiaAo fim do ensaio, Judith foi convidada a posar ao lado do filho — Foto: Nilza Rejane Fotografia

Ao fim do ensaio, Judith foi convidada a posar ao lado do filho — Foto: Nilza Rejane Fotografia

Ela explica que o ensaio “Newborn” normalmente é feito nos primeiros 10 dias de vida, que é quando o bebê tem o sono mais profundo e a flexibilidade do corpo é maior. Entre uma foto e outra, pausa para a mãe amamentar e trocar fraldas. O ritmo é o bebê que dita.

Nilza garante que Waldo se comportou superbem.

“Ele é um anjo, eu estou apaixonada por ele”, define carinhosamente a fotógrafa.

Ao fim do ensaio, Judith aceitou, com alegria, ser fotografada ao lado do filho. A família será presenteada com um fotolivro de 20 páginas que irá reunir os melhores momentos do bebê.

“Ela fala pouco português, ela só dizia assim: ‘muito obrigado’. E junto desse ‘muito obrigado’ tinha um sorriso enorme. Ela não precisou dizer mais nada”, descreve Nilza.

Ao G1, por intermédio do marido, que domina mais a língua, Judith diz ter ficado muito feliz.

“Sem palavras. Todo mundo dá parabéns pelas fotos”, comemora a haitiana, agradecida.

Ensaio Newborn com filho de casal haitiano durou cerca de cinco horas  — Foto: Nilza Rejane/FotografiaEnsaio Newborn com filho de casal haitiano durou cerca de cinco horas  — Foto: Nilza Rejane/Fotografia

Ensaio Newborn com filho de casal haitiano durou cerca de cinco horas — Foto: Nilza Rejane/Fotografia

Fotos serão reunidas em um fotolivro de 20 páginas que será entregue à família — Foto: Nilza Rejane/FotografiaFotos serão reunidas em um fotolivro de 20 páginas que será entregue à família — Foto: Nilza Rejane/Fotografia

Fotos serão reunidas em um fotolivro

fonte: g1

COMPARTILHAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga a Rádio Porta Voz

Siga a Rádio Voz FM