segunda-feira , 16 de julho de 2018
RADIO
ONLINE
Porta Voz Voz FM
MENU

Notícias

Notícias de agora

jul 16, 2018

Com crise e cortes na ciência, jovens doutores encaram o desemprego: ‘Título não paga aluguel’

jul 16, 2018

Selic no fim de 2018 permanece em 6,50% ao ano, aponta Focus Estadão Conteúdo | Publicado em 16 de julho de 2018 | 09h55 Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica de juros) para o fim de 2018 e de 2019. O Relatório de Mercado Focus trouxe nesta segunda-feira, 16, que a mediana das previsões para a Selic este ano seguiu em 6,50% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar. Já a projeção para a Selic em 2019 permaneceu em 8,00% ao ano, igual ao verificado há quatro semanas. No caso de 2020, a projeção para a Selic seguiu em 8,00% e, para 2021, também permaneceu em 8,00%. Há um mês, os porcentuais projetados eram de 8,00% para ambos os anos. Em 20 de junho passado, o Copom manteve a Selic no patamar de 6,50% ao ano. Na decisão, o colegiado não deu sinais de que vá manter a Selic neste nível nos próximos meses, ao contrário do que fez na reunião anterior, de maio. O Copom procurou ressaltar que as próximas decisões sobre juros dependerão da evolução da atividade, dos riscos para a inflação e das projeções para os índices de preços. Isso foi reiterado tanto na ata do Copom quanto no Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgados no fim de junho. Para o grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções de médio prazo (Top 5), a mediana da taxa básica em 2018 seguiu em 6,50% ao ano, igual ao verificado um mês antes. No caso de 2019, a projeção do Top 5 para a Selic seguiu em 7,75% ante 8,00% de quatro semanas atrás. No caso de 2020, continuou em 8,50% e, para 2021, permaneceu em 8,50%. Há um mês, estavam em 9,00% para 2020 e 2021. Reportar erros Textos escolhidos pra você: Marido usa composto para perder barriga, sua mulher se assusta e pede divórcio Marido usa composto para perder barriga, sua mulher se assusta e pede divórcio Learne Pare de pagar por TV por assinatura! Pare de pagar por TV por assinatura! MaxTV Conheça agora mesmo o relógio inteligente Conheça agora mesmo o relógio inteligente Squalo Recomendado por Envie sua notícia Preço médio da gasolina nas refinarias é mantido em R$ 1,9970

jul 16, 2018

Juros futuros desaceleram quedas após fortalecimento do dólar

jul 16, 2018

A partir desta segunda, consulta ao saldo do PIS está liberada

jul 16, 2018

Mais de 3,3 milhões de contribuintes recebem hoje restituição do IR

jul 16, 2018

CR7 tem primeiro contato com torcida da Juve e ouve pedidos por Champions

As Mais Tocadas

1º lugar
Jorge & Mateus
Contrato

2º lugar
Felipe Araújo
Amor Da Sua Cama

3º lugar
Gustavo Lima- Part. Hungria Hip-Hop
Eu Vou Te Buscar

4º lugar
Thiago Brava Ft. Jorge
Dona Maria

5º lugar
João Bosco e Vinícius
Não Era Você

6º lugar
Wesley Safadão
Ar Condicionado No 15

7º lugar
Jefferson Moraes Ft. Matheus e Kauan
Coleção De Ex

8º lugar
Jonas Esticado Ft. Jorge
Com Amor Não Se Brinca

9º lugar
Anitta, Mc Zaac, Maejor ft. Tropkillaz & DJ Yuri Martins
Vai Malandra

10º lugar
Ed Sheeran
Perfect

Policial

Economia

Município

Esporte

Notícias de agora

Com crise e cortes na ciência, jovens doutores encaram o desemprego: ‘Título não paga aluguel’ Selic no fim de 2018 permanece em 6,50% ao ano, aponta Focus Estadão Conteúdo | Publicado em 16 de julho de 2018 | 09h55 Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica de juros) para o fim de 2018 e de 2019. O Relatório de Mercado Focus trouxe nesta segunda-feira, 16, que a mediana das previsões para a Selic este ano seguiu em 6,50% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar. Já a projeção para a Selic em 2019 permaneceu em 8,00% ao ano, igual ao verificado há quatro semanas. No caso de 2020, a projeção para a Selic seguiu em 8,00% e, para 2021, também permaneceu em 8,00%. Há um mês, os porcentuais projetados eram de 8,00% para ambos os anos. Em 20 de junho passado, o Copom manteve a Selic no patamar de 6,50% ao ano. Na decisão, o colegiado não deu sinais de que vá manter a Selic neste nível nos próximos meses, ao contrário do que fez na reunião anterior, de maio. O Copom procurou ressaltar que as próximas decisões sobre juros dependerão da evolução da atividade, dos riscos para a inflação e das projeções para os índices de preços. Isso foi reiterado tanto na ata do Copom quanto no Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgados no fim de junho. Para o grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções de médio prazo (Top 5), a mediana da taxa básica em 2018 seguiu em 6,50% ao ano, igual ao verificado um mês antes. No caso de 2019, a projeção do Top 5 para a Selic seguiu em 7,75% ante 8,00% de quatro semanas atrás. No caso de 2020, continuou em 8,50% e, para 2021, permaneceu em 8,50%. Há um mês, estavam em 9,00% para 2020 e 2021. Reportar erros Textos escolhidos pra você: Marido usa composto para perder barriga, sua mulher se assusta e pede divórcio Marido usa composto para perder barriga, sua mulher se assusta e pede divórcio Learne Pare de pagar por TV por assinatura! Pare de pagar por TV por assinatura! MaxTV Conheça agora mesmo o relógio inteligente Conheça agora mesmo o relógio inteligente Squalo Recomendado por Envie sua notícia Preço médio da gasolina nas refinarias é mantido em R$ 1,9970 Deputado quer acabar com licenças-prêmio e férias de 60 dias para juízes Casal adota cinco irmãos de 4 a 14 anos para evitar que eles fossem separados, em Cidade Ocidental MP investiga site que vende CPF, endereço e outros dados pessoais Gusttavo Lima mostra ‘antes e depois’ da fama e impressiona com transformação

Promoção



Siga a Rádio Porta Voz

Notícias de agora

Siga a Rádio Voz FM

Fique por dentro das novidades

Assine a nossa newsletter!

Preencha os campos abaixo e receba as últimas novidades da Portal Voz em seu e-mail

Peça a sua Música!

Envie seu pedido musical, preenchendo todos os dados abaixo